O que é a Renda Fixa e como funciona?

Hoje ouvimos falar muito em uma tal de Renda Fixa e que ela é um investimento melhor do que a poupança. Mas você sabe realmente o que é a Renda Fixa? Hoje aqui no blog do Simulador Investimento, nós vamos fazer um breve resumo, de forma clara e objetiva para você aprender um pouco mais sobre esta operação financeira.

O que é?

A Renda Fixa é um investimento conhecido por oferecer uma rentabilidade estável e com risco baixo no mercado. Assim que você adquirir um título de renda fixa, é possível avaliar quanto estará valendo o seu dinheiro quando a data de vencimento da aplicação chegar. Nem sempre o valor é exatamente igual, mas a especulação fica bem próxima do esperado.

Ao entrar em uma aplicação de renda fixa, o valor é emprestado para o governo, banco ou financeira, onde este é chamado de “emissor”. Ao emprestar este capital, todos os anos você irá receber um rendimento que pode ser classificado como Prefixado, Pós Fixado e Híbrido, onde o próprio nome já significa que a aplicação é uma mistura do pré com o pós fixado.

  • Renda Fixa Prefixado

Esta é uma modalidade com rentabilidade fixa, normalmente de 7 a 9% ao ano. Isso significa que independente do que acontecer durante o ano na área econômica, o seu dinheiro estará rendendo a mesma porcentagem acordada até o vencimento da aplicação.

Esta modalidade é bem atrativa quando há expectativas da queda de juros no mercado. Quando este cenário acontece, a porcentagem de rendimento acaba sendo mais atrativa do que opções indexadas.

O prefixado é uma boa forma de economizar o seu dinheiro para sonhos que estão no seu projeto de vida, por exemplo, quero ter 50 mil reais em 3 anos para dar de entrada em um apartamento.

  • Renda Fixa Pós Fixado

Já o renda fixa da categoria pós fixado conta com uma rentabilidade de acordo com um dos indicadores da economia. Um exemplo é o CDI, que hoje chega em 110%. O rendimento desta aplicação depende exclusivamente da performance dos indicadores, onde quando eles sobem o rendimento aumenta e quando há uma queda, o rendimento diminui. Utilize nossa calculadora de CDB para simular seu rendimento.

Economistas indicam que as aplicações no pós fixados devem ser feitas para objetivos a curto e médio prazo. O investimento sempre ocorre quando há uma especulação sobre o aumento dos indicadores/indexadores da economia, onde retorno acaba sendo bem vantajoso.

Veja nosso simulador do Tesouro.

  • Renda Fixa Hibrida

Como o próprio nome já insinua, a categoria híbrida oferece uma rentabilidade que soma a porcentagem de uma taxa fixa + o aumento ou diminuição de um indexador da economia. Um exemplo bem comum são 4,0% (prefixado) + IPCA (pós fixado).

Esta aplicação trás um equilíbrio bem interessante para os investidores, onde em muitos casos é o que mais trás retorno no fim da validade. É um investimento capaz de manter bons rendimentos a médio e longo prazo, muito utilizado para uma renda na aposentadoria.

Avalie

Deixe um comentário