LCI

LCI – Letra de Crédito Imobiliário

LCI

Você já ouviu falar em LCI? A sigla pode parecer estranha e não te remeter a nada. Mas vamos às explicações. Estamos falando sobre Letras de Crédito Imobiliário, ou seja, títulos de renda fixa que são emitidos por instituições financeiras com o objetivo de financiar o setor imobiliário.

Para simplificar a situação e tornar mais fácil o seu entendimento, podemos dizer que se trata de empréstimos de dinheiro feitos por investidores a bancos. Os recursos provenientes desses empréstimos serão repassados e destinados ao setor imobiliário.

Em retorno ao dinheiro emprestado ao banco, o investidor acertará um acordo com a instituição e receberá de volta o valor acrescido de juros em um determinado prazo de tempo. Além de ser um investimento muito seguro, ele é totalmente isento de imposto de renda, o que o torna muito atrativo.

Como funciona

Esse tipo de título de renda fixa funciona da seguinte forma: o investidor realiza um empréstimo financeiro a uma instituição, e essa terá que direcionar os recursos para o setor imobiliário – financiamento, construção e reforma de imóveis.

Isso acontece, pois os bancos precisam ter uma forma de oferecer empréstimos a seus clientes. Para que se torne possível, os bancos “tomam emprestados” de outros clientes por meio da venda de títulos de crédito. Sendo assim, o dinheiro que vem da compra desses títulos é disponibilizado aos clientes que buscam empréstimos. Não é nada mais que uma forma do banco captar recursos, pagando juros menores do que aqueles que irá cobrar ao realizar empréstimos.

Vantagens da LCI

O LCI apresenta ótimas vantagens para os investidores. Confira os principais benefícios em investir nesse título de renda fixa.

  • Seu rendimento é muito maior que o das poupanças feitas em bancos, por exemplo;
  • Não há incidência de Imposto de Renda para pessoas físicas;
  • Os riscos são baixos;
  • Possui proteção do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), que protege até 250 mil reais por CPF e instituição financeira;
  • Alternativa de investimento para curto e médio prazo.

Tipos de LCI

  • Pré-Fixado: aqui o investidor sabe qual valor receberá na data de vencimento do título. A rentabilidade aparece como uma porcentagem única;
  • Pós-Fixado: não se sabe o valor exato, mas se pode ter uma ideia da rentabilidade, pois ela é atrelada à variação de taxas de juros, como a Selic ou o CDI;
  • Híbrido: é a união das anteriores. Há uma taxa preestabelecida, somada a uma variação de um índice como o IPCA. A rentabilidade será esse indicador somado à taxa de juros.

Tipos de prazo

Há também dois tipos de prazo. Estamos falando dos prazos de Vencimento e dos prazos de Carência.

  • Vencimento: corresponde à data em que foi acertado o pagamento pelo título. Aqui o investidor receberá de volta o valor que emprestou ao banco, somado aos juros combinados previamente;
  • Carência: é o prazo mínimo pelo qual o dinheiro deve ficar aplicado. Nesse período, não é possível retirar o dinheiro investido sem que aconteça perda de rentabilidade. No entanto, ao término do prazo de carência, o investimento passa a ter liquidez, ou seja, valorização diária.

Uma informação importante é que o prazo de carência mínimo corresponde a 90 dias, de acordo com o estipulado pelo CMN – Conselho Monetário Nacional. Isso significa que ao investir na Letra de Crédito Imobiliário o dinheiro do investidor precisa ficar aplicado por pelo menos três meses.

Se o seu interesse é retirar o dinheiro antes desse período, não se faz interessante seguir esse caminho.

Há também o prazo dos vencimentos. Aqui há uma variação de banco para banco. No geral, o prazo de vencimento máximo é de três anos, mas existem outros que podem chegar a até 10 anos, por exemplo, mas são casos mais raros.

A relação entre prazo e rendimento é diretamente proporcional. Quanto maior for o prazo do investimento, maior será o rendimento que o banco lhe oferecerá.

Como investir em LCIs

Os riscos em investir no LCI são baixos e ele é totalmente isento do imposto de renda. Por isso, para investir nessa modalidade é necessária uma aplicação mínima e os valores não são muito baixos. Em termos gerais, o valor gira em torno de R$10.000,00. Em bancos como a Caixa Econômica Federal esse valor sobe para 50 mil reais. Vale lembrar que quanto maior for aplicação, maior será o retorno recebido.

Em bancos menores e menos conhecidos, é possível encontrar LCIs como investimento inicial bem baixo, a partir de de R$1. Bancos como Sofisa, Intermedium, Daycoval, possuem estas opções. Basta abrir uma conta digital e começar a aplicar.

Esse título de renda fixa é mais indicado para quem deseja investir em formas diferenciadas de ganhar dinheiro. Os retornos das aplicações funcionam de forma semelhante ao CDB (certificado de depósito bancário), indo de percentuais do CDI (certificado de depósito interbancário), diferenciando-se no fato de haver isenção de imposto de renda.

Simulador de LCI

Desenvolvemos aqui no blog uma ferramenta de simulação em LCI. Através da ferramenta que é gratuita, você pode descobrir qual o melhor investimento em LCI para seu dinheiro. Basta informar as taxas para descobrir qual banco está oferecendo a melhor aplicação.

Para comparar qual o melhor investimento, entre LCI, CDB e Tesouro Direto, acesse o simulador: https://simuladorinvestimento.com.br

Gostou deste conteúdo? Deixe um comentário e compartilhe sua opinião conosco! E não esquece de acompanhar as novas postagens!

Saiba como investir em CDB

Leave a Reply

Comodo SSL